Posts tagged with "leitura"

Livro: Ana Paula Padrão – O Amor Chegou Tarde em Minha Vida

Oiê!

Não recordo exatamente quando, mas recentemente, ouvindo a programação da rádio Jovem Pan, a jornalista Ana Paula Padrão estava no ar, dando uma entrevista, falando do seu livro e dizendo o porque decidiu abrir mão da Rede Globo.
O Amor Chegou Tarde em Minha Vida, é uma autobiografia da jornalista que depois de 27 anos de carreira com vários prêmios conquistados, ela abre o jogo e decide divulgar motivos que levaram a abandonar a carreira e iniciar novos projetos de vida.

ana4

Capa do livro

Confesso que não curto muito livros de autobiografia, mas fiquei curiosa para saber a respeito da mulher que fez história no telejornalismo e que abdicou do seu ofício, para ser feliz.

No livro ela narra a sua história, desde o seu primeiro estágio, suas viagens, suas experiências, suas entrevistas e de modo comovente relata sua vida pessoal, expondo sua família.
Não estou aqui para contar o livro, apenas compartilho uma boa leitura, que flui numa linguagem bem simples, direta e com um toque de feminilidade. Posso garantir que vale muito a pena, eu particularmente gostei bastante.

ana2

ana3

Contra capa do livro

Acredito que existam milhares de mulheres e homens que vivem insatisfeitos com o trabalho, com a empresa, com o chefe e bla bla, #QuemNunca.
Eu mesma posso afirmar que por diversas vezes vivia reclamando de ex-chefes, do trabalho que executava e de uma série de situações que não eram muito a meu favor.
Cá entre nós que, na maioria das vezes a gente não escolhe, somos escolhidos… mas com o passar do tempo, com o amadurecimento + terapia, a gente descobre (acredito que hoje eu tenha descoberto) que temos a decisão das mudanças, de analisar o que é bacana pra gente, e NÃO SOMOS obrigados a viver condicionados em um lugar que não nos completa, ou que nos satisfaça, temos a possibilidade das MUDANÇAS, e que o grande lance para se viver bem, estar bem e ser feliz, é buscar um lugar, ou fazer aquilo que nos dá prazer, fazer com amor, e que o resto certamente será consequência. Basta acreditar e correr atrás! #ficaDica.

um bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

Livro: A Culpa é das Estrelas

Bom diah!

No último dia 18/5, domingo vi uma “chamada” na Globo, no programa do Fantástico que dizia:
Sucesso na internet, escritor John Green é uma das pessoas mais influentes do mundo”.
Quem quiser ver a matéria, clique aqui

Confesso que não assisti a reportagem, mas na segunda-feira fui pesquisar quem era esse tal de John e porque a sua última obra vai virar um filme.

Jonh Green iniciou suas atividades, juntamente com seu irmão, com um projeto chamado Vlogbrothers, postando vários vídeos no canal YouTube. Eles abordam dos mais vários assuntos e o público alvo são os adolescentes e os acessos são diários.

 

 

Ele também é autor de livros e já escreveu 6 títulos e o último vai virar um filme.
Curiosa, resolvi ler A Culpa é das Estrelas, que conta a história de uma menina chamada Hazel Grace, que foi diagnosticada com um câncer agressivo e que frequenta um centro de encontros de jovens portadores da doença. Lá ela conhece o jovem Augustus Waters (mais conhecido como Gus) e o desenrolar da ficção se baseia no envolvimento dos adolescentes.

capa

Capa do livro – A Culpa é das Estrelas

É um leitura simples com linguagem bem popular, voltada para o público infanto-juvenil. Para os românticos de plantão a história é bem bonita capaz de prometer alguns lencinhos no filme que está para estrear no próximo dia 6 de junho de 2014 no Estados Unidos. No Brasil, ainda não tem data prevista. Pretendo ir conferir quando entrar nas telinhas, e depois conto pra vcs se conseguiram bons resultados.

 

Fica a dica, pra quem quiser umas doces de ficção, uma pitada de realidade e uma porção de mundo encantado.

um bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

Livro: Uma Lição Inesquecível

Olá!
Sabe quando você entra na livraria procurando algo para ler e não sabe exatamente o que procura? Anda de um lado, olha para o outro, com milhares de títulos, milhares de capas…, e foi assim que encontrei o livro Uma Lição Inesquecível de Laura Schroff e Alex Tresniowski.

uma-lição-inesquecível

Capa do livro – super simples

A capa não impressiona ninguém, super simples e sem apelação para o mundo publicitário! Confesso que o interesse surgiu pelo fato de se tratar de uma história real. #surpreendi
É o tipo de leitura que envolve, flui numa dinâmica que quando você vai ver, terminou o livro!
A sacada no título, funciona literalmente como uma experiência para o espectador/leitor, tanto que logo nas primeiras páginas aparece um provérbio chinês bastante popular que fala do fio do destino (fio vermelho, akai ito) que se baseia na crença de que pessoas que estão destinadas a se encontrar/conhecer, vão se encontrar, independentemente do tempo e das circunstâncias. #euAcredito

DSC00409

Provérbio chinês – fio do destino, fio invisível, akai ito

Acredito que por se tratar de personagens reais, o livro se torna um tanto curioso, e cria expectativas para saber mais e mais a respeito dos principais personagens: Laura, uma executiva bem sucedida e do pequeno Maurice, um garoto de 11 anos, negro, pobre e que tem uma história de deixar qualquer ser humano comovido.
Super recomendo a leitura! =)

bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

O Silêncio das Montanhas

Considerado o terceiro livro de ficção mais vendido no país, segundo a revista Veja, decidi conferir o conteúdo do livro O Silêncio das Montanhas.

Me interessei pelo lançamento por ser do mesmo autor de “O Caçador de Pipas” e “A Cidade do Sol”, duas obras que super indico do Khaled Hosseini.

Livro "O Silêncio das Montahas"

Capa do livro

Em O Silêncio das Montanhas, temos uma história dramática contando a vida de dois irmãos – Pari e Abdullah – que são separados ainda na infância pelo próprio pai. #tristeza

Confesso que achei o livro cansativo. É uma leitura que trabalha com narrativas paralelas, o que deixa o leitor um pouco perdido pelos capítulos (oscilando entre os anos de 1949 a 2010), onde intercala a história de vários personagens. A impressão é que parece ser outra pessoa que escreveu o livro. #decepcao

Inevitavelmente, pelo fato de já ter lido os dois últimos títulos, que criam expectativas e que me prenderam na trama, O Silêncio das Montanhas, não causou impacto, deixando a desejar por ter passagens previsíveis e sem muito suspense. #nemchorei

Críticas à parte, a narrativa é repleta de detalhes e termos específicos da cultura afeganistã, com passagens pelo EUA, Grécia e França.

Caso a leitura não te satisfaça, sugiro então, que assista o filme ou então faça a leitura do O Caçador de Pipas, que é bem emocionante! #ficadica

bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

Dica de leitura: É Duro Ser Cabra na Etiópia

Na livraria à procura de algo para ler nas minhas ida e vindas do metrô, deparei com uma capa que chamou minha atenção pela cor florescente e consequentemente o título curioso.

Na prateleira: capa na cor pink florescente (literalmente uma cor especial – pantone) com bicho estranho estampado olhando pra mim com o título “É Duro Ser Cabra na Etiópia“.

capa

Curiosa, não entendi absolutamente nada!
Dei uma passada rápida pelas páginas e fiz uma leitura breve da orelha e contra-capa do livro. Confesso que acabei me interessando mais pelo projeto gráfico do que pelo conteúdo. #orgulhoDesign

É Duro Ser Cabra na Etiópia” foi ideia da escritora, atriz e agora editora Maitê Proença, que decidiu montar um projeto com textos de autores conhecidos e anônimos com um toque de comicidade. Iniciativa bem interessante que utiliza recursos gráficos e deixa o conteúdo ainda mais atrativo. Vale a pena passar as folhas e escolher algumas páginas e se deliciar com os contos, poemas ou pequenas frases com um toque de humor.

capa2

O  projeto se deu através do site pessoal da escritora http://www.maite.com.br/cabra/, onde qualquer pessoa poderia contribuir com uma obra com até 1500 caracteres e o critério de validação que a autora exigia era que os textos fossem engraçados.

Ainda estou lendo mas confesso que minhas viagens ficaram bem mais divertidas!
Ele não tem uma cronologia, é o tipo de leitura que basta abrir em qualquer página e se deliciar e caso você se identifique com o conteúdo, basta rir!

miolo2

miolo

Fica a dica!

bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida