Posts tagged with "arte"

Pinacoteca e as esculturas de Ron Mueck

Oiê,
depois de muita paciência, espera, mas em clima de emenda de feriado acabei encarando aproximadamente 2h40 minutos de fila na Pinacoteca de São Paulo, para conferir de pertinho as obras do australiano Ron Mueck. Não conhecia o artista, mas já tinha ouvido falar, ainda quando as obras estavam no Rio de Janeiro, e aguardava curiosa para conferir todos os detalhes que a mídia vinha divulgando.

006

No total são 9 obras, dispostas em salas… A exposição é pequena, mas rica em detalhes.
O cara é fera! Fiquei impressionada com a perfeição, dos detalhes minuciosos, da expressão dos personagens, das escalas que vão de algo pequenino até instalações gigantes que preenchem um hall inteiro da Pinacoteca, como essa fotinho aí de baixo.

005

O público fica insano com a perfeição e o tamanho das obras =O

003

0099

Hiper realismo: vovô olhando pra nós!

Bom… ficar na fila ninguém merece!
Confesso que conhecer a Pinacoteca de todos os ângulos vale muito a pena, ela é lindona! E na companhia do Parque do Jardim da Luz, que fica do ladinho da Pinacoteca, vale a pena esperar…

002

Fila extensa, mas o parque ao redor dá uma aliviada no clima…

011

010

008

Fila de espera: 2h40 para conferir de perto todos os detalhes da obra do artista.

Com apenas R$ 6,00 (inteira), é possível contemplar as 9 obras do artistas, conhecer o arcervo, descansar pelos corredores, admirar a arquitetura e ainda tirar uns selfies, rs… Caso não queira ficar na fila quilométrica, na mesma região existem outros pontos turísticos super bacanas: Parque Jardim da Luz, Museu da Língua Portuguesa, Estação da Luz… Super recomendo para quem quiser fazer um passeio cultural!

Lembrando que na Pinacoteca, todas as quintas-feiras a entrada é gratuita e o funcionamento vai até as 22h. =)

009

 Fica a dica =)

PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

Passo-a-passo: CD velho x Bolacha para copos

Olá!
Quem foi da época dos disquetes, consegue compreender que os CDs e os DVDs  estão indo para o mesmo caminho: lixo!

0005

Disquetes e o Zip na década de 80 era sucesso, hoje são sucatas!

No mundo da tecnologia, o tempo útil das coisas tem vida curta e quando a gente menos espera aparece um aparelhinho novo, e aí tudo aquilo que a achávamos um ahaso, acaba tornando-se obsoleto, e o destino é sempre o mesmo: sucata!

Zapeando a Internet, encontrei um tutorial gringo que ensinava como transformar os CDs/DVDs velhos em algo que você pode usar na sua cozinha, servindo como descanso de panela ou aquelas bolachas de copo, sabe? Pra quem é mais experiente e pegou a época do disco de vinil, esses podem virar os sousplat(conhecido popularmente como jogo americano)!

Achei super válida a ideia e resolvi arriscar o passo-a-passo e compartilho com vcs!

002

Você vai precisar de:

  • tecidos coloridos;
  • manta acrílica ou espumas;
  • papel cartão;
  • cola universal e cola de tecido (geralmente vende nas lojas de artesanato);
  • tesoura;
  • CDs, DVDs ou disco de vinil velhos;
  • viés para o acabamento.

Mão na massa:

1. Corte a manta acrílica com o mesmo diâmetro e cole sobre o CD (a manta serve para fechar o buraco no centro do CD e para deixar o porta-copos com a expessura fofinha);

2. Escolha um tecido bem colorido, com uma textura bem bacana, deixe aproximadamente 1 cm de borda para dar o acabamento e cole sobre o CD;

3. Com a tesoura ou estilete, faça “pics” ao redor, para facilitar o acabamento;

4. Use a cola universal para colocar as bordas (a cola branca não funciona).

003

Pronto! O lado A está ok:

004

Lado B: você vai precisar de uma base de papel cartão com a mesma medida do CD. Repita o mesmo procedimento, selecionando um tecido que combine com a parte A;

005

 001

Com a cola universal, junte as duas bases:

006

Com o viés faça o acabamento nas laterais:

007

Existem diversas cores para o viés, geralmente são vendidas por metro em papelarias ou casas de aviamentos/armarinhos.

Pronto!
Reutilizamos e transformamos algo que provavelmente iria para o lixo! =)

008

009

um bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

A Ópera da Lua – Os Gêmeos

A dica de hoje vai para A ópera da Lua, uma exposição dos Gêmeos, que está rolando em São Paulo no Galpão Fortes Vilaça na região da Barra Funda.

Pra quem não sabe, eles estudaram na ETE Carlos de Campos, conhecido popularmente como ‘KK’, um colégio técnico, que oferece cursos na faixa, nas áreas de arte, decoração, edificações, nutrição e enfermagem. Inclusive, na mesma em que a queridah Lídia e eu cursamos Desenho de Comunicação. #saudades #epocaBoa. Quem quiser conhecer a escola e saber mais a respeito dos cursos, segue link: http://www.etecarlosdecampos.com.br/

001

Carlos de Campos, mais conhecido como KK

002

Foto retirada do página do Facebook da escola.
Pé direito alto, com as janelas de mil e novecentos e bolinhas… #linda

Voltando para exposição.. os Gêmeos (Otávio e Gustavo Pandolfo) pra quem não sabe são artistas que tem um traço bem peculiar capaz de serem reconhecidos mundialmente com os seus grafismos e com as intervenções urbanas.
Recentemente eles grafitaram o avião da seleção brasileira que ficou um ahaso!

001

Foto retirada do site oficial dos artistas.

Acredito que todo mundo já deve ter visto algumas obras espalhadas pela web ou até mesmo pela cidade, mas caso você queria conferir de perto a respeito, até o dia 16 de agosto, de terça a sexta, das 10h às 19h e sábados, das 10h às 18h, você poderá conferir de pertinho e na ‘faixa’ no Galpão Fortes Vilaça que fica na rua James Holland 71 – Barra Funda – São Paulo – SP

003

Intervenção urbana – São Paulo

002

Os Gêmeos

Site oficial dos artistas: http://www.osgemeos.com.br/pt

Mais informações:
Galpão Fortes Vilaça:
http://www.fortesvilaca.com.br/exposicoes/2014/406-a-opera-da-lua
T + 55 11 3392 3942
R. James Holland 71 – Barra Funda

Fica a dica! ;)
um bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

O TOC de Yayoi Kusama

Japinha como eu, porém a Yayoi Kusama é 100% japonesa! #DaTerrinha #AHAHA
Pra quem não conhece, é uma artista plástica renomada, reconhecida mundialmente pelo seus trabalhos contemporâneos e está com uma exposição bem bacana no Instituto Tomie Ohtake chamada Obsessão Infinita.
Estou insana pra conhecer o trabalho dessa “japinha”. Estou adiando a minha visita por conta da correria e de muito trabalho, mas quem já foi garante que está imperdível e vale muito a pena! Vamos?

Pelo que pesquisei, a história da artista é meio conturbada por conta de alucinações e pelo Transtorno Obsessivo Compulsivo – TOC que sempre teve desde a infância (exagero ou repetição de algum comportamento).
Ela foi reconhecida pela repetição de pontos e bolas em superfícies. Exagero ou não, eu gostei pra caramba do que estão divulgando pela web, inclusive pra quem se interessou ou ficou curiosa como eu, a exposição vai até o dia 27 de julho.

Zapeei algumas imagens da mídia, pra verificar o que podemos encontrar por lá, compartilho com vocês!

006

Yayoi misturada nas bolinhas amarelas.

005

Fotos: http://virgula.uol.com.br/

004

Fotos: http://virgula.uol.com.br/

003

Fotos: http://virgula.uol.com.br/

002

Fotos: http://virgula.uol.com.br/

001

Fotos: http://virgula.uol.com.br/

O vídeo está inglês, se vc quiser conhecer um pouco mais sobre a artista, segue:

 

Instituto Tomie Ohtake
Rua Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05426-010
Tel.: 11 2245-1900

Site: http://www.yayoi-kusama.jp/

Fica a dica! ;)
um bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida

Passo-a-passo: Como transformar háshis em suporte de panela

Oi!

Hoje eu vou tentar compartilhar passo-a-passo pra vocês uma “arte” que fiz com háshis.
Sabe aqueles palitinhos que a gente usa para comer comida joponesa?!
Nos restaurantes, eles geralmente são descartáveis, mas hoje aqui no blog eles serão transformados em um suporte para panela!

hashis001

Háshi ou oháshi significa objetos de bambu para comer rapidamente

Materiais:

  • 14 pares de háshis de madeira;
  • fios coloridos (usei aquelas de crochê)
  • super bonder
  • verniz
mat

1) Tente distribuir 7 pares de hashis em colunas com espaços iguais;

001

DSC00094

 2) Intercale sobre as colunas 7 pares de  háshis para formar 7  linhas com espaços iguais, formando um quadrado;

003

DSC00101

 3) Use o Super Bonder para colar e garantir um bom acabamento;
(cuidado com as mãoS – o Super Bonder cola tudo)

DSC00103

 4) Para o acabamento, use linhas coloridas na intersecção de um háshi e outro, formando um “x”;

DSC00107

 DSC00110

Pronto!
Você ajuda o meio ambiente e ainda ganha um dinheirinho$ vendendo pras amigas #abapha

DSC00123

Para evitar que molhe ou caia algum tipo de material danificando o seu trabalho, passe uma camada de verniz!

bjo

Lidiani
PUBLICIDADE Princess Magical Run - Inscreva-se nessa corrida